Exemplos de defeitos para entrevista de emprego


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Todos os profissionais possuem defeitos, por melhor que seja sua dedicação, e este é o motivo principal de ser uma pergunta tão comum nas entrevistas de emprego.

Ao ser perguntado sobre seus defeitos, os entrevistadores estarão analisando vários fatores como sua sinceridade, o quanto sabe se definir, e claro, se o candidato pode vir a dar prejuízos. 

Se não sabe o que dizer e quer ir preparado para a entrevista, é preciso ser sincero e demonstrar o que está fazendo para melhorar. Abaixo listamos alguns exemplos.

1. Nervosismo

Pode dizer que costumava sofrer de certo nervosismo quando tinha de telefonar a clientes mas que com a prática foi perdendo aos poucos esse mesmo nervosismo.

2. Medo de falar em público

A piada do comediante Jerry Seinfeld é velha mas funciona sempre: os estudos dizem que as pessoas têm mais medo de falar em público do que de morrer, pelo que se estão em um funeral, as pessoas preferem estar no caixão do que dar o discurso sobre a pessoa falecida.

Você pode dizer que tem algum temor em falar em público mas que está dando passos para melhorar essa falha, como por exemplo, fazer um curso ou lendo um livro.

3. Timidez ou demasiada conversação

Pode dizer que sofre de timidez no caso dos trabalhos que não precisam falar com clientes. Por outro lado, pode dizer que fala muito, no caso de trabalhos que necessitam de muita interação e contato com clientes.

4. Perfeccionista

Ser perfeccionista é um dos clichês em entrevistas de emprego. Pode dizer que está muito concentrado no objetivo geral e que algumas vezes falha em alguns detalhes.

Se falar que é perfeccionista e atento aos detalhes diga então que divide o trabalho em diferentes mini tarefas, cada uma com o seu tempo, o que pode aumentar a pressão sobre o seu trabalho.

5. Padrões elevados

Pode colocar o peso da resposta do outro lado, dizendo que é muito exigente e que espera muitos dos outros. Também pode mencionar que é muito exigente com você mesmo, podendo gastar mais tempo em determinadas tarefas.

6. Injustiça

Também pode dizer que tem dificuldade em ver injustiças, o que pode acontecer no ambiente de trabalho.

7. Confiança nos outros

Como é necessária confiança em trabalho em equipe, pode dizer que confia muito nas pessoas, às vezes até demais.

8. Organização

Outra opção é mencionar que gosta de ter o espaço de trabalho muito organizado e que anota tudo o que tem para fazer.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.