Como se comportar numa entrevista de emprego


Se o seu currículo despertou o interesse do recrutador significa que chegou o momento crucial de poder vender a sua imagem ao vivo e a cores e demonstrar que é a pessoa ideal para a vaga. Muitas dúvidas assolam os candidatos neste momento. Deixamos algumas dicas para que você possa se preparar.

1. Estude seu currículo

Estudar o seu currículo antes da entrevista fará toda a diferença, pois poderá falar de forma segura ao ser questionado pelo recrutador sobre a sua experiência, dar exemplos de situações vividas, além de outras informações que não estejam mencionadas ou que sejam importantes. Aproveite para fazer uma análise da sua trajetória profissional, incluindo sucessos e fracassos.

Lembre-se também que é na entrevista que os recrutadores querem conhecer melhor a pessoa que se interessaram através do currículo selecionado. Portanto “venda o seu peixe” de forma natural.

2. Esteja atento à sua comunicação verbal

A comunicação verbal precisa ser clara, transmitindo confiança. Use um tom de voz adequado, nem alto ou baixo demais. Responda as perguntas do recrutador demonstrando assertividade, tome cuidado para não parecer arrogante.

Ao responder uma pergunta seja objetivo, claro e conciso. Além de procurar usar uma linguagem positiva. Não há nada pior do que um candidato que demonstre pessimismo logo na entrevista. As empresas estão a procura de pessoas que apresentam soluções e não mais problemas.

3. Analise a sua personalidade

Não tente ser alguém diferente de quem você realmente é. Leve em conta que se for  uma pessoa com uma personalidade mais introvertida não queira demonstrar que é extrovertido, isto poderá gerar uma imagem artificial e o resultado pode ser desastroso.

4. Não minta em hipótese alguma

Você pode transformar uma experiência negativa em algo positivo, mas se mentir colocará em risco a sua reputação.  Muitos candidatos pensam que “falar uma mentirinha” pode passar despercebido, o que nem sempre é verdade. Quando o recrutador se aprofundar no assunto, a mentira pode vir à tona e o candidato poderá ser desmascarado sumariamente sendo eliminado do processo.

5. Só fale o necessário

Muitos candidatos por ansiedade, tendem a falar demasiadamente. Interromper o recrutador pode gerar uma péssima imagem. 

6. Cuide também da sua comunicação não verbal

Comunicamos o tempo todo, mesmo quando não queremos. A linguagem não verbal revela o que tentamos esconder, afinal o corpo fala. Ela é responsável por mais da metade do que o candidato comunicará.

Procure controlar a sua ansiedade e nervosismo fazendo exercícios de respiração e de relaxamento ao se preparar para a entrevista.Exercícios simples como respirar profundamente durante um minuto acalma e faz com que a ansiedade diminua.

Manter a coluna e ombros eretos, bem como falar olhando nos olhos, transmitem segurança.

Sorrir de forma natural, também ajuda a relaxar e pode despertar a simpatia do recrutador. Lembre sempre de ser o mais natural possível, nada de risos forçados ou fazer piadas fora de contexto.

Evite gesticular de forma brusca. Certas posturas podem transparecer uma impressão agressiva, tais como: dedos apontados, colocar o cotovelo e sua pasta ou bolsa sobre a mesa do recrutador. 

Olhar para o relógio com frequência, também pode passar uma impressão negativa e demonstrar que você não está à vontade com o recrutador e o que ele está perguntando. Fique atento e mantenha a calma.

Portanto prepare-se e dê atenção à todos os detalhes para  sair vencedor na sua próxima entrevista. 

Veja também como responder às perguntas mais difíceis em entrevista de emprego