Clichês que deve evitar numa entrevista de emprego


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Entre as coisas que não deve dizer na entrevista de emprego estão os clichês mais ouvidos pelos recrutadores. Conheça alguns clichês que deve evitar dizer na entrevista de emprego.

Tenho capacidade de trabalho em equipe

Evite dizer que é um “um jogador de equipe” ou que tem “capacidade de trabalho em equipe”. Prefira ser mais específico e falar da sua experiência em contexto de grupo.

Posso fazer tudo

Não faça promessas sem fundamento. Querer trabalhar é positivo mas dizer que pode fazer tudo é um sinal de desespero. Foque nas suas qualidades.

Consigo me adaptar a tudo

Será que também se adapta ao desemprego? É necessário comunicar qual o seu perfil e onde se enquadraria melhor na empresa para o bem de todos. A polivalência pode ser uma vantagem sua, mas secundária.

Sou um perfeccionista

Na hora de enumerar defeitos os candidatos fazem geralmente um jogo de opostos, falando de qualidades, como a obsessão pela perfeição. Dizer que é um perfeccionista pode ser um tiro pela culatra. Isto cria desconfiança no recrutador.

Sou um viciado em trabalho

É mais importante demonstrar resultados do que prometer trabalhar muito. Trabalhar muito não é sinônimo de trabalhar bem. Ser viciado em trabalho pode não ser uma vantagem. O que interessa é saber priorizar as tarefas e as concluir nos prazos estabelecidos.

Tenho boas capacidades de liderança

Apenas fale em liderança se tiver exemplos relevantes para dar.

Sou dinâmico

Recorrer ao banal “sou uma pessoa dinâmica” como um trunfo pode ser uma estratégia errada. A maioria dos trabalhos requerem dinamismo.

Saiba ainda:

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.