Entrevista de emprego: pontos fortes e fracos


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Na entrevista de emprego, as qualidades e os defeitos são muitas vezes questionadas pelos recrutadores. Para saberem mais sobre um candidato numa entrevista de emprego, quase sempre os recrutadores pedem ao candidato para enumerar aspetos positivos e negativos. Há truques para falar a favor dos pontos fortes e fracos de uma pessoa em entrevista de emprego.

Lado A: identificar os pontos fortes 

Nem sempre falar dos aspetos positivos abona a favor do candidato. Em alguns casos, pode ser considerado excessivo. Desta forma essa abordagem deve ser feita de forma racional e moderada.

Por norma, os recrutadores valorizam os candidatos que numa entrevista de emprego destacam como pontos fortes características que os distingam dos restantes a nível profissional. A responsabilidade, a persistência, a proatividade, o domínio de uma língua estrangeira menos comum.

Mas como o dizer? Em vez de puro autoelogio, opte por mostrar com exemplos de situações profissionais passadas como essas qualidades foram benéficas para o trabalho. Destaque a capacidade de resolução de problemas e como deu resposta a desafios.

Veja alguns exemplos de pontos fortes para mencionar na entrevista de emprego.

Lado B: admitir os pontos fracos

Comedida deve ser também a abordagem em torno dos pontos fracos. Não utilize este momento da entrevista de emprego para enumerar defeitos que possam vir a afastá-lo do processo de recrutamento. A ideia do recrutador é descobrir se você é alguém capaz de ultrapassar obstáculos.

Um dos truques para identificar os aspetos fracos passa por mencionar qualidades e exagerá-las.

A honestidade e a sinceridade são pontos-chave nesta abordagem, devendo admitir aspetos negativos sem os exagerar. Por exemplo, se lhe faltam conhecimentos numa determinada área, assuma acrescentando que está já fazendo alguma coisa para melhorar essa competência. Mas sem nunca falar de você mesmo como pessoa desorganizada ou incapaz de cumprir tarefas. Muito menos relacionadas com o cargo a que se candidata.

Confira outros exemplos de pontos fracos que você pode dar.

Seja para falar dos pontos fortes ou fracos, por muito que se prepare para a entrevista não deve dar respostas decoradas. Adapte o discurso ao recrutador e no decorrer da própria entrevista.

Quer ter sucesso na entrevista? Então veja as nossas dicas para o antes da entrevista de emprego.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.