A resposta certa à pergunta: como você reage às críticas?


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Como você reage a críticas é uma pergunta da entrevista de emprego que permite ao entrevistador saber mais sobre o caráter do candidato e da forma como este trabalha sob pressão. O que um entrevistador quer realmente saber é se um trabalhador é receptível à mudança e a novas instruções. Saber ouvir, aprender e melhorar é crucial em qualquer emprego.

Na preparação da sua resposta deve ter em mente a técnica STAR: Situação, Tarefa, Ação e Resultados. Fale sobre uma situação onde teve de agir numa determinada tarefa, contando os resultados positivos dessa ação.

1. Conte como respondeu a críticas e dê um exemplo de ação tomada

Tente lembrar de críticas que recebeu num passado recente e como reagiu a elas.

Evite falar sobre uma crítica num ponto crucial do seu trabalho, preferindo referir algo secundário. Se for contador, fale por exemplo de críticas à sua comunicação, em vez de confessar críticas a erros matemáticos, pois pode cavar um buraco do qual não consegue sair.

Mencione a ação tomada para resolver a falha apontada, como tirar um curso de comunicação ou trabalhar mais em equipe.

2. Fale sobre os resultados

Igualmente importante é listar os resultados positivos obtidos. Nesse exemplo de críticas recebidas à fraca comunicação pode falar sobre como os trabalhos começaram a apresentar melhores resultados, mencionar que aumentaram o número de projetos em equipe ou que foi convidado para representar a empresa num evento e a fazer apresentações para os colegas de trabalho, por exemplo.

Resposta à pergunta para cargos/funções específicas

Resposta sobre reação às críticas de um Assistente Administrativo

“Durante o meu último trabalho recebi críticas sobre a minha facilidade de me envolver nas tarefas dos outros. Quando as minhas tarefas começaram a ficar comprometidas e tive que fazer muitas horas extras, meu coordenador me chamou para conversar. A partir daquele dia, fiquei muito mais atento e descobri que tinha dificuldade em dizer “não”. Tive que me esforçar para mudar este traço da minha personalidade, mas com a ajuda do meu coordenador consegui vencer o hábito que tanto me prejudicava.”

Resposta sobre reação às críticas de um Auxiliar de Recursos Humanos

“Durante a minha primeira reunião de avaliação de desempenho a minha supervisora me criticou a respeito da demora em preparar uma apresentação em PowerPoint. Era verdade que o meu foco até então tinha sido com o Word e Excel, mas após receber a crítica fiz questão de me matricular num curso online para aprofundar meus conhecimentos. O esforço valeu a pena, porque passei a ser solicitada para criar apresentações para outros departamentos.”

Resposta sobre reação às críticas de um Vendedor

"Na avaliação mensal de performance, recebi uma crítica do meu gerente a respeito da forma como eu expressava a minha frustração quando alguma coisa fora do meu controle, impedia que eu concluísse uma venda. Eu não tinha ideia do quanto isso influenciava de forma negativa o ambiente de trabalho.

Imediatamente procurei por um curso de desenvolvimento pessoal com um profissional da área de coaching. Em poucos meses eu consegui mudar minha atitude e recebi feedback positivo de todos os meus colegas.”

Estes exemplos são apenas para você se inspirar. Lembre-se sempre de criar os seus próprios a partir da sua experiência profissional.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.