Saiba como memorizar textos facilmente com 10 dicas incríveis


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Ser dono de uma memória capaz de gravar textos de forma rápida é o sonho de muita gente. Esta é uma capacidade muito útil para quem vai prestar um concurso, por exemplo. De forma similar aos exercícios físicos, a memória pode ser desenvolvida através do seu uso frequente.

Lembrar do nosso número de celular é uma tarefa fácil, porque precisamos usá-lo com relativa frequência. Números menos utilizados, como o do seu documento de identidade ou do PIS/PASEP são mais difíceis de lembrar.

Portanto, preparamos estas dicas com técnicas de memorização para colocar a sua memória para funcionar.

1. Leia em voz alta

A memória de longo prazo se beneficia do efeito de falar e se ouvir. Além disso, exercita a musculatura facial enquanto você desenvolve o uso da entonação de voz.

A Universidade de Waterloo no Canadá concluiu em um estudo, que as pessoas que leem em voz tendem a recordar o que foi lido de forma mais fácil.

2. Copie o texto à mão

imagem de uma pessoa escrevendo

Com o avanço da tecnologia, cada vez mais temos mais facilidade de escrever no celular ou no computador do que privilegiar a escrita à mão.

Porém, estudos realizados pela Universidade da Califórnia comprovam que escrever à mão ativa áreas cerebrais associadas com a memória, raciocínio e linguagem.

3. Leia e faça um resumo

Fazer um resumo com os conceitos mais importantes pode ajudar na memorização, principalmente quando se está estudando para uma prova. Após algumas leituras, procure escrever a ideia principal com as suas próprias palavras.

Comece pela ideia mais geral e aprofunde-se, aos poucos, nas minúcias existentes. Caso ache necessário, faça um esquema baseado em palavras-chave e nos seus detalhes relevantes.

4. Desenhe diagramas e esquemas

O uso de imagens cria associações que ajudam a reter a informação
O uso de imagens cria associações que ajudam a reter a informação

Faça um resumo visual a respeito do seu texto. Use diagramas, desenhos, setas e cores diferentes. Crie um verdadeiro mapa mental a respeito do assunto estudado. O mapa mental é um método que ajuda a fixar mais rápido o assunto, se o apelo visual for importante para você.

5. Peça para alguém ler o texto para você

Nosso sistema de educação se baseia no formato de professor e aluno. Praticamente, todos nós fomos condicionados a absorver conteúdos nesta estrutura de ensino tradicional.

Por isso, ouvir o texto a partir da voz de outra pessoa permite que você use este condicionamento a seu favor.

6. Grave o texto e escute

Hoje em dia, todas as pessoas donas de um telefone celular possuem um gravador de áudio digital. Assim, se torna muito fácil gravar a própria voz e escutá-la, como se fosse outra pessoa.

Desta maneira, você pode aproveitar momentos em que seria impossível ler o texto. Por exemplo, dentro do transporte público no caminho para o trabalho e decorar aquilo que é importante.

7. Procure interagir com o texto

Reescrever o que foi lido contribui para a fixação
Reescrever o que foi lido contribui para a fixação

Conforme avançar na leitura, procure formular perguntas a respeito do assunto. Questione qual é a ideia central da parte que você acabou de ler. Ou faça o exercício de tentar reescrever mentalmente o que leu com as próprias palavras.

8. Faça pausas durante a leitura

De acordo com o tamanho do texto, defina pausas a cada certo número de parágrafos. Durante as pausas, procure relembrar o que já leu até aquele ponto. Isto ajuda a decorar o que foi lido de forma mais fácil.

Tente também descobrir como a informação lida se encaixa na ideia geral do texto. Ao fazer associações com outras informações que você possua e rapidamente irá relembrar do que leu.

9. Ensine o texto para outros

Uma das melhores formas de fixar um texto ou até estudar, ocorre quando tentamos explicar seu conteúdo para outras pessoas.

Na impossibilidade de contar com um grupo de pessoas, crie um blog explicando o assunto lido. Além de ajudar na melhoria da sua memória, estará ajudando outras pessoas interessadas no assunto.

10. Estimule seu cérebro

Uma das maneiras de estimular o cérebro para recordar informação é separar as letras iniciais do texto e tentar lembrar o que foi lido a partir desta lista.

Por exemplo, imagine que você deseja memorizar o seguinte texto:

“Todos são iguais perante a lei e, sem distinção, têm direito a igual proteção da lei. Todos têm direito a proteção igual contra qualquer discriminação que viole a presente Declaração e contra qualquer incitamento a tal discriminação.”

Artigo 7° da Declaração Universal dos Direitos Humanos.

Após ler o texto algumas vezes, separe todas as iniciais:

“T s i p a l e, s d, t d a i p d l. T t d a p i c q d q v a p D e c q i a t d.”

Agora, exercite seu cérebro para recordar todo o texto a partir das iniciais.

Para lembrar

É importante dizer que cada método de memorização funciona de forma diferente para cada pessoa. Portanto, procure experimentar cada um para ver qual se adequa melhor para você.

Veja também:

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.