25 profissões em alta para o ano de 2018


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

O mercado de trabalho está sempre em constante evolução: criação de novos tipos de empregos, aumento na procura de alguns e decrescimento de outros.

Se está pensando em qual curso vai fazer ou mesmo em mudar de ramo, abaixo listamos novas e velhas profissões com salários médios e os motivos de alta, segundo os profissionais de recrutamento do país.

1. Técnico em drones

Formação exigida: não há formação específica, mas existem cursos de treinamentos e uma autorização da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que podem ser exigidos.

Função: pilotar e comandar drones ou aparelhos semelhantes.

Porque está em alta: existem áreas diversas, como Jornalismo ou Agronegócio, que necessitam e contratam estes profissionais.

Salário médio: alguns profissionais autônomos chegam a cobrar R$ 1 mil pela diária.

2. CFOs (Diretor Financeiro)

Formação exigida: Economia, Administração de empresas, Engenharia ou outras semelhantes, com MBA ou pós-graduação.

Função: responsável por todo o setor financeiro, tesouraria, controladoria e tributário, bem como o planejamento e administração de riscos financeiros.

Porque está em alta: empresas estão à procura de profissionais com este perfil que possam reestruturar suas finanças, dívidas e tributação, avaliar investimentos e as alinhem à captação financeira.

Salário médio: R$ 60 mil.

3. Analista Contábil

Formação exigida: Ciências Contábeis com especializações na área.

Função: análise e controle de contas do balanço, análise de custos, planejamento e contabilidade financeira da empresa e auxílio nas tomadas de decisões do negócio.

Porque está em alta: as empresas estão, cada vez mais, utilizando recursos da contabilidade como base para as decisões rotineiras do negócio, o que exige profissionais em contabilidade com bom senso de analise e escolha.

Salário médio: R$ 3 mil.

4. Gerente nacional de vendas

Formação exigida: Administração de empresas ou outras áreas que possam ser específicas ao mercado que a empresa está inserida.

Função: elaborar e dirigir planos estratégicos no setor de vendas de produtos ou serviços do negócio.

Porque está em alta: empresas que preveem mudanças no mercado que participam, procuram este profissional para que possam se atualizar, mantendo ou aumentando seus volumes de vendas.

Salário médio: R$ 20 mil.

5. Conselheiro Consultivo

Formação exigida: Administração de empresas ou semelhantes, com longas experiências em estratégias, finanças e direção de negócios.

Função: representação de acionistas ou aconselhamento aos gestores e dirigentes das empresas.

Porque está em alta: empresas têm aumentado a procura por profissionais externos ao negócio, que sejam bons influenciadores das políticas do meio corporativo.

Salário médio: R$ 20 mil.

6. Comprador

Formação exigida: Administração de empresas, Engenharia, Economia, Comércio Exterior ou áreas relacionadas, com bons conhecimentos em negociação.

Função: dominar todos os tipos de compras, planejar e negociar com fornecedores.

Porque está em alta: muitas empresas, após longos períodos de crise, passaram a controlar e planejar melhor suas compras, com objetivo de reduzir os custos.

Salário médio: R$ 6 mil.

7. Engenheiro/Cientista de dados

Formação exigida: Engenharia, Matemática, Estatística ou TI, com formação específica na área.

Função: realiza análises de dados na rede, com seus conhecimentos agregados em matemática ou estatística, gestão comercial e em softwares específicos.

Porque está em alta: este profissional é capaz de analisar uma grande quantidade de dados disponíveis na internet em big data e propor soluções para as empresas em melhorias internas, como diferenciação e aumento da rentabilidade com seus produtos.

Salário médio: R$ 12 mil.

8. Gerontologia e Geriatria

Formação exigida: Medicina com especialidade em Geriatria, ou para outras áreas como a Psicologia, Nutrição, Serviço Social ou Terapia Ocupacional, que tenham formação específica aos cuidados de idosos.

Função: profissionais da saúde que cuidam do tratamento de doenças, reabilitação funcional e cuidados paliativos em idosos, ou que atuem nos estudos do envelhecimento.

Porque está em alta: esta área está cada vez mais em expansão devido a crescente quantidade de idosos no Brasil, que deve triplicar em 40 anos.

Salário médio: Para médicos geriatras R$ 10 mil.

9. Estatístico

Formação exigida: Estatística ou Matemática com especialização.

Função: coleta, organização, descrição, análise e interpretação de amostra de dados. Tem conhecimentos em matemática e softwares adequados para análises.

Porque está em alta: este profissional é capaz de analisar e encontrar padrões que tornam mais exatas as escolhas dos empreendedores, como em padrões de qualidade de produtos industriais.

Salário médio: R$ 8 mil.

10. Analista de mídias digitais

Formação exigida: Marketing, Publicidade e Propaganda ou Comunicação Social.

Função: responsável pelas mídias sociais, como Internet, Facebook, Twitter e Instagram, e divulgação de publicidade nesses meios.

Porque está em alta: dado que a internet tem cada vez mais utilizadores, visto pelas empresas como potenciais clientes e um meio amplo de propagar suas marcas.

Salário médio: R$ 5 mil.

11. Controller

Formação exigida: Administração de Empresas, Ciências Contábeis ou Economia, com especialização em controladoria.

Função: coordenar todos os processos contabilísticos através da gestão econômica, financeira e patrimonial das empresas.

Porque está em alta: requisitado principalmente por empresas de grande porte, que possuem um elevado número de investidores e matrizes que exigem profissionais qualificados para o controle financeiro do negócio.

Salário médio: R$ 20 mil.

12. Gestor de cadeia logística e supply chain

Formação exigida: Logística, Engenharia ou Administração de Empresas.

Função: gerenciamento dos processos logísticos, desde entrada de materiais até a saída de mercadorias vendidas.

Porque está em alta: empresas que requisitam profissionais que possam diminuir o tempo e custos de produção e movimentação de materiais.

Salário médio: R$ 12 mil.

13. Biotecnólogo

Formação exigida: Biotecnologia, Engenharia Biotecnológica, Ciências Biomédicas ou Biológicas, como também outros profissionais especializados.

Função: desenvolve e aplica tecnologias em áreas como da saúde, química, ambiental, agricultura.

Porque está em alta: empresas que trabalham com processos biológicos perceberam o quanto este profissional é útil para diferentes áreas da indústria e desenvolvimento de produtos (alimentos, biocombustíveis, remédios, etc.).

Salário médio: R$ 4 mil.

14. Analista de investimentos

Formação exigida: Economia, Administração de Empresas ou Engenharia, mais certificação para o cargo.

Função: atua em bancos ou financeiras nas estratégias de negócios e planejamento financeiro de empresas clientes

Porque está em alta: com as constantes mudanças no mercado financeiro este profissional passou a ter mais contato com clientes e a ter um papel mais ativo como alguém que analisa e faz recomendações.

Salário médio: R$ 12 mil.

15. Gerente ou sócio de contencioso cível

Formação exigida: Direito, com especialização na área.

Função: atua no meio jurídico em processos de cobranças, disputas judiciais e conflitos de interesse.

Porque está em alta: os casos que envolvem esta área têm aumentando constantemente após períodos de recessão na economia.

Salário médio: R$ 25 mil.

16. Business Partner em RH

Formação exigida: Economia, Recursos Humanos ou Administração de Empresas, com especialização de generalista em RH.

Função: elaborar estratégias e intervir na cultura e nos valores da organização. É fundamental conhecer todos os processos

Porque está em alta: empresas buscam profissionais que liderem ativamente os recursos humanos e melhore os valores da organização.

Salário médio: R$ 15 mil.

17. Desenvolvedor de aplicativos

Formação exigida: Engenharia de Software, Ciência da Computação ou semelhantes, com especialização específica.

Função: criação e desenvolvimento de aplicativos para smartphones.

Porque está em alta: associado ao crescente número da venda de smartphones e, consequentemente, usuários de aplicativos.

Salário médio: R$ 8 mil.

18. Instalador Fotovoltaico 

Formação exigida: cursos técnicos ou especializações na área.

Função: instalação e manutenção de placas de energias solares.

Porque está em alta: devido a liberação por parte da ANEEL e a redução dos custos com energia, a procura destes produtos tem crescido exponencialmente.

Salário médio: R$ 2 mil.

19. Gerente de franquias

Formação exigida: Administração de Empresas ou semelhantes.

Função: direção e expansão do negócio em franquias e contatos frequentes com os franquiados.

Porque está em alta: empresas que procuram expansão por meio de investidores terceiros necessitam da atuação deste profissional.

Salário médio: R$ 15 mil.

20. Gerente de saúde, segurança e meio ambiente

Formação exigida: Engenharia com especialidade em segurança do trabalho.

Função: acompanhar os cumprimentos das obrigações com o meio ambiente e a segurança e saúde de todos os colaboradores.

Porque está em alta: um crescente número de empresas que se preocupam em seguir os regulamentos ambientais e trabalhistas.

Salário médio: R$ 15 mil.

21. Auditor Interno

Formação exigida: Ciências Contábeis ou Administração de Empresas, mais especialização.

Função: acompanhar o andamento dos processos da empresa de forma sistemática, auxiliando os gestores e adicionando valor às operações.

Porque está em alta: cada vez mais empresas buscam aumentar a garantia de qualidade dos processos que possuem.

Salário médio: R$ 8 mil.

22. Gerente de transformação digital

Formação exigida: Marketing, Economia ou Administração de Empresas, com especialização em ferramentas digitais.

Função: responsável por modernizar o marketing das empresas através de ferramentas digitais.

Porque está em alta: empresas que estão passando por transformação digital, principalmente bancos, necessitam deste profissional para liderar estes tipos de projetos.

Salário médio: R$ 20 mil.

23. Advogado Societário e Contratual

Formação exigida: Direito, com especialização na área.

Função: atua nas áreas de direito societário, tributário ou como generalista de empresas.

Porque está em alta: alta no movimento de empresas que procuram este profissional que intervém no meio corporativo.

Salário médio: R$ 7 mil.

24. Gerente de facilities

Formação exigida: Economia, Engenharia ou Administração de Empresas.

Função: gerencia toda a funcionalidade do negócio, com foco na administração, estruturação e processos da empresa.

Porque está em alta: este profissional pode reduzir custos e melhorar a organização de maneiras mais práticas.

Salário médio: R$ 10 mil.

25.  Técnico em mecatrônica

Formação exigida: curso técnico da área, mais um registro no CREA do estado onde trabalha.

Função: combina conhecimentos de elétrica, mecânica e informática para criar máquinas inteligentes controladas por computador

Porque está em alta: empresas que estão a se atualizar no meio tecnológico e necessitam deste profissional.

Salário médio: R$ 3 mil.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.