Aprenda a usar sua carteira de trabalho digital em 7 passos


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Recentemente o Ministério do Trabalho lançou uma nova versão da carteira de trabalho digital. Com o objetivo de agilizar o acesso às informações do histórico profissional do trabalhador, o aplicativo oferece várias funcionalidades.

Trata-se de um aplicativo que está disponível nas versões iOS e Android para celulares, além do acesso via web. Através dele, é possível consultar dados do histórico de contratos de trabalho e o contrato de trabalho atual.

Agora, veja como usar a carteira de trabalho digital em 7 passos. Acompanhe:

1. Instale o aplicativo

Acesse a loja de aplicativos do seu smartphone (IOS ou Android) e procure pela palavra-chave “carteira de trabalho digital”. Ao encontrar, solicite a instalação e aguarde a conclusão.

2. Crie o seu cadastro

Tela do aplicativo carteira de trabalho digital - Cadastro

Ao entrar no aplicativo, aparecerá inicialmente a tela de login pedindo o número de CPF e a senha. Para os usuários que possuem o cadastro no site acesso.gov.br, SINE Fácil ou no Meu INSS, basta ter em mãos as suas credenciais, e avançar para o próximo passo.

Se você não possui o cadastro, antes de fazer o login no aplicativo, deve clicar em Crie sua conta e seguir as instruções. O cadastro irá solicitar CPF, nome completo, telefone e e-mail.

3. Faça o login

Tela do aplicativo carteira de trabalho digital - Login

Para fazer o login, você deve digitar o CPF seguido da senha e autorizar o uso de dados pessoais.

4. Acesse suas movimentações

Tela do aplicativo carteira de trabalho digital - Opções

Após efetuar o seu login no aplicativo, você poderá ler as últimas anotações, seus dados pessoais do cadastro do CPF e os contratos de trabalho.

5. Veja seus vínculos empregatícios

No rodapé do aplicativo, no ícone Contratos, é possível acessar outras informações mais sensíveis como o detalhamento dos seus vínculos empregatícios. Para isso, o aplicativo irá fazer perguntas sobre o histórico de sua vida laboral. Esta é uma medida de segurança para evitar o acesso indevido aos seus dados.

Ao cometer erros em duas das perguntas, você só poderá tentar novamente 24 horas depois. Como alternativa, você pode gerar uma senha no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal, caso possua conta corrente em um destes bancos.

Uma vez que você tenha acessado os seus vínculos empregatícios, o aplicativo permite que você indique divergências nos dados.

6. Exporte suas informações

Tela do aplicativo carteira de trabalho digital - Exportar

Ainda no rodapé, no ícone Enviar é possível exportar as informações da sua carteira de trabalho digital. Selecione quais as partes que você deseja exportar e clique em Compartilhar. Assim, fica fácil comprovar a sua experiência profissional.

7. Tire suas dúvidas

No último ícone do rodapé, você pode acessar:a política de privacidade do aplicativo. Além disso, pode tirar dúvidas na área de perguntas frequentes e avaliar o aplicativo.

Benefícios da carteira de trabalho digital

A carteira de trabalho digital traz vários benefícios para o trabalhador, como:

  • Facilitar a fiscalização dos vínculos trabalhistas
  • Redução do tempo médio de atendimento
  • Agilidade no acesso das informações trabalhistas
  • Integração dos bancos de dados do Ministério da Economia
  • Facilitar a solicitação da carteira de trabalho impressa
  • Diminuição das filas no atendimento

Veja também:

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.