Ética Profissional: o que é, exemplos e princípios valorizados


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Afinal, o que é Ética Profissional?

No contexto profissional, a Ética diz respeito ao conjunto de comportamentos que promovem um ambiente organizacional regulado por valores construtivos. Na hora de uma contratação a expectativa pela conduta ética está sempre presente. São vários os comportamentos esperados pelos mais diversos profissionais para que sejam considerados éticos, como veremos a seguir.

São muitas as pressões que o indivíduo sofre para forçá-lo a agir sem ética. Isso ocorre porque, numa visão de curto prazo, um comportamento não pautado pela ética pode aparentar ser mais vantajoso para o indivíduo.

Os resultados das condutas éticas muitas vezes são intangíveis para o indivíduo, mas suas consequências são sempre positivas. Isso porque contribuem para uma sociedade mais justa e honesta, numa visão de longo prazo.

Apesar de vivermos numa sociedade capitalista, é importante perceber que todos os projetos pelos quais trabalhamos, visam o bem maior: a vida do ser humano. Esta percepção é o melhor motivador para adotarmos um comportamento ético como profissionais.

Exemplos de dilemas éticos na conduta profissional

Técnico de Informática

Após receber um notebook de uma cliente cujo sistema operacional não carregava, o técnico identificou que a origem do problema estava numa micro pendrive conectada que havia passado despercebida. O equipamento tentava procurar o sistema operacional na pendrive e não encontrava. Ao constatar o problema, o técnico indicou para a cliente qual era a questão e devolveu o notebook sem cobrar.

Médico

Após a anamnese, um conceituado cirurgião plástico constata que sua paciente não se encontra psicologicamente equilibrada o suficiente para tomar decisões. Sendo assim, ele sugere que a paciente tire um período para pensar melhor ao invés de marcar a data da cirurgia.

Advogado

Apesar de estar passando por uma grave crise financeira, um famoso advogado recusou a proposta de um agenciador de causas para assinar um contrato de captação. O contrato  citava o pagamento de uma comissão de 20% ao agenciador do montante recebido pelo réu a título de honorários contratuais.

Dentista

Sentindo-se grato por ter aliviado a sua dor, um paciente ofereceu uma quantia de gratificação para o seu dentista. Como o atendimento havia sido realizado pela rede pública, o dentista negou o recebimento. 

Enfermeiro

Durante um fim de semana na casa de amigos, um enfermeiro foi questionado sobre um incidente com um paciente no hospital onde trabalha. Educadamente ele evitou o tema e mudou de assunto, evitando quebrar o sigilo a respeito das condições do paciente.

Contador

Pressionado para dar um parecer diferente a respeito da realidade tributária da empresa durante uma reunião de diretoria, o contador colocou o seu cargo a disposição após ponderar a respeito das possíveis consequências da proposta. Era evidente a intenção de fraude fiscal.

Personal Trainer

Durante o intervalo do exercício de um cliente na academia, um personal trainer notou que um colega de profissão havia deixado um cliente sozinho e ele estava executando um exercício incorretamente. Ao invés de falar sobre o erro diretamente com o cliente, ele apenas solicitou que a pessoa interrompesse o exercício e imediatamente procurou o colega para alertar sobre o erro.

Designer de Moda

Ao decidir quais materiais usar na nova coleção da sua grife, o Designer de Moda optou pelo uso de matéria-prima ecologicamente correta, ainda que os preços estivessem um pouco acima da média das concorrentes. Ele decidiu compensar o custo, diminuindo um pouco a sua margem de lucro.

Bombeiro Civil

Durante o atendimento num acidente, um bombeiro se recusou a dar maiores explicações aos membros da imprensa que estavam no local. Desta maneira ele impediu que informações sensíveis vazassem, prejudicando o andamento das operações e o sigilo das informações sobre os acidentados.

Gerente de Logística

Ao tentar trocar de fornecedor, um gerente de logística recusou uma oferta de pagamento deste antigo fornecedor para manter o contrato. Sua decisão foi contra a maioria dos membros do seu departamento, mas a troca de fornecedor acabou por resultar numa grande economia para a empresa.

Princípios éticos valorizados em qualquer profissão

Alguns princípios éticos são esperados de qualquer profissional, independente de sua área de atuação.

Honestidade

A honestidade pode ser definida como a característica que faz com que o indivíduo baseie suas ações e decisões na verdade. No ambiente de trabalho, esta é a capacidade que permite que o profissional assuma seus próprios erros.

Solidariedade

Comportamento baseado na empatia. É quando o indivíduo ao se colocar no lugar do outro em dificuldade, oferece ajuda. No contexto organizacional, isso se traduz na capacidade de trabalhar em equipe, cooperando com os outros colaboradores para o alcance de um objetivo comum.

Lealdade

Baseada na gratidão, a lealdade garante que o grupo pode contar com o indivíduo, sempre que necessário. Na vida profissional, esta é uma característica que permite relações saudáveis entre os colaboradores, diminuindo a necessidade de mecanismos reguladores por parte dos gestores.

Responsabilidade

O indivíduo responsável é aquele capaz de responder pelos seus atos, independente das consequências. Como profissional, ser responsável diz respeito a ser capaz de responder pelo trabalho realizado, seja individualmente ou por uma equipe.

Integridade

No sentido pessoal, a integridade diz respeito a coerência entre o discurso e as ações. Em termos organizacionais este valor ético é capaz de gerar maior confiabilidade entre os colaboradores.

Justiça

O indivíduo que age de uma forma justa é aquele que procura, na medida do possível, usar critérios de avaliação imparciais. Esta é uma capacidade imprescindível numa posição de liderança dentro de uma organização. Ela permite que o líder avalie imparcialmente seus subordinados.

Este artigo foi útil?
Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.