4 características principais que definem uma Startup


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Uma Startup é uma empresa jovem que decidiu oferecer um produto ou serviço que seja inovador. Este produto ou serviço pode ser algo já existente no mercado, mas que esteja sendo oferecido de uma maneira pouco eficiente. Também pode ser algo completamente novo, que ainda não exista no mercado.

Neste artigo enumeramos quatro características principais que definem uma Startup. 

1. Inovação

Como dissemos anteriormente, as Startups andam de mãos dadas com a inovação. A palavra “inovação” possui diversos significados. Dentro do contexto do empreendedorismo, podemos destacar dois tipos de inovação.

Inovação Disruptiva

A inovação é considerada disruptiva quando se utiliza a tecnologia de maneira completamente revolucionária. Frequentemente este tipo de inovação causa perturbações no mercado. Podemos destacar como exemplos o que a Netflix causou para as locadoras de filmes e como a Uber afetou o serviço dos táxis tradicionais.

Inovação Incremental

A inovação incremental é aquela que todas as empresas devem adotar internamente. Sempre com o foco na melhoria de processos com o objetivo de manter o negócio competitivo no mercado.

2. Geração de valor

Um dos focos principais das startups, presente na maioria dos discursos de seus integrantes, é a geração de valor para o cliente. Em outras palavras, o foco destas empresas é a satisfação das necessidades dos seus clientes.

Com as atuais facilidades tecnológicas, o conceito da geração de valor para o cliente também passa por oferecer algum diferencial. O preenchimento de alguma lacuna do mercado não explorada pela concorrência requer criatividade.

A importância de conhecer a concorrência e as necessidades dos seus clientes define as estratégias para geração de valor dos produtos e serviços oferecidos por uma startup.

3. Risco

Geralmente as Startups operam com algum risco. Isso significa que, na maioria das vezes, o sucesso do negócio não é garantido. É comum que estas empresas contem com algum tipo de financiamento até que o negócio se torne sustentável. Estes podem ser obtidos na forma de empréstimos de entidades bancárias ou grupo de investidores. Uma das formas de atrair investidores é oferecer um percentual do capital da empresa.

Por causa do risco inerente, muitas Startups costumam inserir mudanças no seu modelo de negócios ao longo do tempo. Estes funcionam como ajustes às respostas do mercado conforme se obtém resposta do produto ou serviço idealizado.

4. Escalabilidade

O número de empregados, receitas e lucros não são fatores que definem uma Startup. Apesar disso alguns especialistas tendem a concordar que o fator chave de uma Startup é a sua capacidade de escalabilidade. Portanto, após um determinado ponto de crescimento, muitas destas empresas não são mais classificadas como Startups.

O termo “Startup” tende a ser associado com empresas da área de tecnologia, mas, por definição, uma empresa Startup não deve ser obrigatoriamente da área de tecnologia. Esta ideia se estabeleceu durante o colapso das empresas ponto com, período que também ficou  conhecido como a primeira “bolha da internet”, iniciado nos anos 90.

Startup unicórnio: você sabe o que é?

Quando uma empresa startup é avaliada no mercado por mais de 1 bilhão de dólares é classificada como um unicórnio. O termo foi criado pela investidora de capital de risco Aileen Lee, fundadora da Cowboy Ventures.

O nome do mítico animal foi utilizado para designar estas empresas por elas terem conseguido realizar algo tão difícil quanto encontrar um dos equinos com chifre.

Unicórnios brasileiros

99

Criada a partir da vontade de fazer diferente, a 99 persegue o objetivo de causar um impacto positivo na população, fazendo com que o transporte seja mais barato, rápido e seguro. A empresa aposta numa ampla faixa de categorias de serviços para atender todas as necessidades de seus clientes.

Em janeiro de 2018 a empresa foi adquirida pela chinesa Didi Chuxing, proprietária da maior plataforma móvel de transporte do mundo. Esta compra transformou a 99 no primeiro unicórnio do Brasil.

Nubank

Criada com o objetivo de oferecer serviços bancários com o mínimo de complexidade, a Nubank aposta que tecnologia e design podem ajudar nesta tarefa.  Disposta a redefinir a relação das pessoas com o dinheiro, seus fundadores se dizem inconformados com a baixa qualidade dos serviços bancários no Brasil e suas altas tarifas e juros.

Sendo outra empresa a entrar no ranking das startups unicórnio, a Nubank alcançou o valor de 1 bilhão de dólares no dia 01 de março de 2018.

Este artigo foi útil?
Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.