O que colocar como objetivo no currículo?


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Indicar o objetivo profissional é um passo importante na elaboração do currículo, pois mostra ao empregador em qual área o candidato quer atuar e quais as suas expectativas nesta etapa da carreira.

O objetivo deve preferencialmente aparecer no currículo como uma frase curta e direta, de no máximo duas linhas. O ideal é que o candidato seja específico e não dê muitas voltas para dizer o que pretende.

Antes de escrever seus objetivos profissionais, é importante que o candidato reflita exatamente sobre o que busca naquele emprego. Com isso, a tarefa fica simples.

Exemplos de objetivos para currículos

Uma estratégia que costuma funcionar é indicar qual o cargo ou tarefa específica que quer executar. Por exemplo, um trabalhador do comércio varejista pode dizer simplesmente:

Quero atuar na área de vendas, com contato direto com o público.

Se esse mesmo vendedor já é bastante experiente e quer uma oportunidade de crescer na carreira, poderia, por exemplo, dizer: 

Busco oportunidade como gerente de loja, para desenvolver minha vasta experiência no setor de vendas.

Se não quiser indicar um cargo específico, o candidato pode apontar apenas o setor, dizendo, por exemplo:

Quero atuar no departamento de Recursos Humanos.

Quem está em busca do seu primeiro emprego também deve indicar qual é seu objetivo ao se candidatar àquela vaga. Uma opção é dizer, por exemplo:

Busco minha primeira experiência profissional na área de telemarketing.

Se a vaga oferecida for de um estágio, é possível escrever algo na linha:

Busco uma oportunidade na área de Comunicação e Marketing para desenvolver os conhecimentos adquiridos em minha formação.

Demonstrar que conhece a cultura organizacional da empresa para a qual se candidata também pode ser uma estratégia importante.

Um auxiliar de escritório que sabe que está se candidatando a uma vaga em uma empresa que se destaca por ter uma gestão mais participativa pode dizer algo como:

Quero atuar no apoio aos serviços administrativos em uma corporação que valorize a iniciativa de seus colaboradores.

Uma frase como essa, porém, não seria adequada para um currículo enviado a uma companhia que possui um modelo de gestão mais tradicional e hierarquizado.

O exemplo acima mostra por que é importante que o candidato adapte o seu currículo para cada vaga específica, em vez de disparar cópias de um mesmo documento para todas as empresas.

É preciso lembrar também que o objetivo não basta para mostrar que o candidato possui foco. O ideal é que todo o currículo esteja de acordo com o objetivo apresentado. Para isso, é necessário destacar as experiências e os cursos que possuem mais relação com a meta estipulada e a vaga pretendida.

O que NÃO escrever no currículo

Embora o candidato se sinta tentado a colocar no currículo uma frase de efeito, essa não é a melhor estratégia para se destacar. Algumas dessas frases já se tornaram clichês e, em vez de causarem boa impressão, podem deixar a imagem de que o candidato é preguiçoso, pouco criativo ou está disparando para todos os lados, sem prestar atenção à vaga específica.

Esse é o caso de frases como Quero contribuir para o crescimento da empresa ou Procuro novos desafios. Além de pouco específicas, expressões como essas são utilizada por muitos concorrentes.

Também é preciso evitar preencher o campo dos objetivos profissionais dizendo que os deixa "a critério da empresa” ou que está disposto a atuar "em qualquer coisa”. Isso pode fazer com que o empregador pense que o candidato não sabe o que quer ou não tem um foco.

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.