Significado do tempo de trabalho no currículo


O recrutador pode atribuir um significado ao tempo de trabalho no currículo do candidato. O tempo de atividade numa empresa é usado pelos recrutadores para entender um pouco mais sobre o candidato.

Até 6 meses

O recrutador colocará certamente a questão ao candidato sobre a curta duração de um emprego, já que este pode ser sinônimo de despedimento ou de inadaptação. Convém ser honesto na resposta, sabendo explicar a razão da demissão e focando as aprendizagens na curta experiência.

Até 1 ano

Se um tempo de trabalho até aos 6 meses coloca a dúvida se a experiência correu mal ao trabalhador ou ao empregador, um tempo de trabalho até 1 ano coloca a dúvida sobre a vontade do trabalhador continuar a trabalhar no mesmo local. Neste caso o candidato deve mostrar como a experiência de um ano foi importante para se candidatar ao novo emprego.

Até 3 anos

Um tempo de trabalho até 3 anos já demonstra mais comprometimento e dedicação a uma empresa, assim como mais experiência ao candidato. Neste tempo de trabalho importará a variedade de tarefas e os cargos desempenhados, já que a uniformidade de tarefas pode significar conformismo e repetição.

Até 5 anos

Neste tempo de trabalho, o candidato pode ter ficado sem espaço para crescimento na empresa e desejado mudar de carreira. O recrutador irá questionar-se sobre a existência de promoções no trabalho.

Até 10 anos

Um tempo de trabalho até 10 anos pode significar estagnação. Existem vantagens em trabalhar muito tempo no mesmo lugar, mas para um recrutador pesam sobretudo as desvantagens de trabalhar muito tempo no mesmo local. Neste último patamar temporal interessará ao candidato demonstrar um desejo de longa data em se candidatar à nova empresa e sublinhar a experiência em tarefas relevantes para a vaga.

Fique com dicas de currículo.