Nutricionista: o que faz, mercado de trabalho e salário


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Cada vez mais pessoas se preocupam com a qualidade da alimentação. Não há dúvidas de que ela interfere na qualidade de vida. Por isso, o nutricionista vem ganhando cada vez mais destaque no mercado de trabalho.

Se você está avaliando a possibilidade de cursar nutrição, este artigo é para você. Esclareça suas dúvidas a respeito desta profissão que tem por objetivo o cuidado com a correta alimentação.

O que faz um Nutricionista?

O Nutricionista é o profissional capaz de planejar dietas para as pessoas, baseado em algum diagnóstico, procurando equilibrar a saúde geral.

Assim, este profissional pode sugerir a inclusão ou exclusão de alguns alimentos do cardápio diário da pessoa. Para que ela alcance uma vida mais plena e saudável.

O mercado de trabalho para nutricionistas

São várias as alternativas de trabalho para o nutricionista
São várias as alternativas de trabalho para o nutricionista

O campo de trabalho para o profissional é amplo. Veja a seguir alguns exemplos de áreas de atuação do nutricionista:

Profissional autônomo

O Nutricionista pode trabalhar como profissional autônomo, com um consultório particular. Assim, ele pode atender individualmente cada paciente e elaborar as dietas e montar os cardápios de forma personalizada.

Hospitais e clínicas

O atendimento em hospitais e clínicas visa a definição de uma dieta para a recuperação da saúde de pacientes diversos. Neste cenário, podem ser necessários a realização de exames variados para ajudar no diagnóstico correto.

O acompanhamento do paciente também faz parte da rotina do trabalho. Desta forma, o nutricionista pode adequar a dieta conforme a fase de um tratamento específico de um paciente.

Clínicas de estética

Trabalhando essencialmente com dietas para perda de peso, o trabalho nas clínicas de estética é feito individualmente. Este pode assumir também um caráter de reeducação alimentar, dependendo do caso.

Academias de ginástica

Nas academias de ginástica o atendimento é individual, cuidando dos interesses de cada pessoa separadamente. Na nutrição esportiva a definição do cardápio serve de base para a preparação de atletas em competições.

Cozinhas industriais

Ao trabalhar em uma cozinha industrial, o nutricionista pode assumir tarefas mais burocráticas. Como por exemplo, contato com fornecedores, vigilância sanitária e controle de estoque, além de definir e fazer a gestão do cardápio coletivo.

Pesquisas e docência

Na área da indústria alimentícia, o nutricionista pode desenvolver pesquisas sobre novos alimentos. Além disso, pode conduzir testes para avaliar os efeitos que algum alimento provoca no ser humano.

O profissional de nutrição também pode dar aulas em diversos tipos de cursos como cursos superiores e técnicos.

Qual é o salário médio de um nutricionista?

O salário médio de um nutricionista está em torno de 2,83 salários mínimos. Mas as faixas salariais da área variam de 2,25 salários mínimos até 4,28 salários mínimos, podendo existir nuances em função da localidade.

Os dados da pesquisa foram baseados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) do Ministério do Trabalho (MTE).

Como é o curso de Nutrição?

O curso de Nutrição possui duração média de 4 anos, sendo do tipo bacharelado. A formação é multidisciplinar, com ênfase nas disciplinas da área de saúde. Veja a seguir alguns exemplos:

  • Anatomia
  • Bioquímica
  • Histologia
  • Fisiologia
  • Epidemiologia
  • Psicologia
  • Filosofia
  • Nutrição clínica
  • Nutrição em saúde pública
  • Ética

Onde estudar Nutrição?

A seguir, algumas instituições de ensino que oferecem o curso:

Veja também:

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.