Saiba o que é Mindfulness e comece a praticar já!


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Mindfulness está relacionado com um conjunto de práticas que tem por objetivo autorregular a atenção, mantendo a mente no momento presente. Em português o termo mindfulness significa atenção plena.

Podemos definir atenção plena como um estado mental onde todos os pensamentos, emoções, lembranças e sensações são reconhecidos do jeito que são. Sem deixar que os julgamentos que possam surgir interfiram.

Para que serve o mindfulness?

Através do cultivo da atenção plena nos tornamos capazes de vencer o piloto automático em que a nossa mente trabalha. Assim, ao diminuirmos o nosso automatismo, nos tornamos mais conscientes em nossas ações.

Desenvolver a atenção plena pode servir de base para um tratamento efetivo da ansiedade e do estresse. Isso ocorre como consequência da gradativa diminuição da identificação com os estados mentais desagradáveis.

Sendo assim, a prática do mindfulness pode trazer grandes benefícios para a carreira. Ao aumentar o estado de presença durante o período de trabalho. O profissional fortalece a sua inteligência emocional contribuindo para a melhoria nos relacionamentos interpessoais.

Como praticar mindfulness?

Para iniciar a prática do mindfulness é necessário reservar um tempo do seu dia e se comprometer com a prática. Você pode começar com apenas 1 minuto e aumentar o tempo gradativamente somando 1 minuto a cada semana.

1. Escolha um lugar adequado

um lugar adequado para praticar mindfulness é fundamental

Defina o local onde você irá praticar mindfulness. Este deve ser um lugar tranquilo, silencioso e livre de distrações. Desligue o telefone celular, o computador e a TV quando for praticar para ajudar na concentração.

2. Defina a melhor posição

Escolha a posição mais confortável possível para a sua prática. A posição não pode ser tão confortável a ponto de promover o sono, nem tão desconfortável que provoque dores e tensões musculares.

Sugerimos para os iniciantes que sentem em uma cadeira com a coluna reta. Mantenha as mãos sobre as pernas de forma suave. É possível praticar de olhos fechados ou abertos, mas sugerimos praticar de olhos abertos. Desta forma você já se habitua para poder praticar em situações em que não é possível fechar os olhos.

3. Observe as suas sensações

Inicie pela observação das suas sensações corporais. Observe a sensação que você obtém a partir do contato dos seus pés com o chão. Procure não julgar o que estiver sentindo, apenas reconheça o que está lá e deixe estar.

Percorra lentamente o seu corpo, subindo a sua atenção pelas pernas, pélvis, abdômen, tórax, braços, pescoço e a cabeça.

4. Observe a sua respiração

observar a respiração é uma prática simples do mindfulness
Observar a respiração é a forma mais simples de praticar mindfulness

A seguir passe a observar a sua própria respiração. Você pode optar por observar o ar que entra pelas narinas. De forma alternativa pode observar o movimento do seu abdômen, subindo e descendo. Escolha a forma mais confortável e mantenha a atenção até o final da prática.

5. Evite os julgamentos

Se pensamentos surgirem que provoquem distrações, procure apenas reconhecer que eles apareceram sem julgar. Deixe que eles desapareçam como nuvens no céu que são levadas pelo vento. A seguir, volte a se focar na sua respiração dando prosseguimento à prática.

6. Retorne ao momento presente

Sempre que ocorrer uma distração de qualquer natureza, retorne a sua atenção para a prática. Seja gentil com a sua própria mente. De nada adianta se irritar com as flutuações naturais de atenção que ocorrem.

Quem criou o mindfulness?

O idealizador da prática do mindfulness foi o Dr. Jon Kabat-Zinn. Buscando as suas raízes nas práticas milenares de meditação do Budismo, Kabat-Zinn desenvolveu um programa de 8 semanas para fortalecer a presença através de práticas de meditação sem conotação religiosa.

Onde e quando praticar mindfulness?

Apesar de inicialmente ser indicado criar o hábito de uma prática estruturada, você pode praticar mindfulness em várias situações do seu dia a dia. Qualquer que seja a situação, mantenha a sua atenção nos pensamentos, sensações e emoções que ocorrem dentro de você. Ao mesmo tempo em que permanece atento ao que se passa ao seu redor.

Listamos aqui algumas das situações em que você pode praticar mindfulness:

  • Durante as refeições
  • Ao tomar banho
  • Quando abrir a porta de casa
  • Ao escovar os dentes
  • Ao ouvir música

Aplicativos para ajudar na prática de mindfulness

Por último, deixamos aqui algumas dicas de aplicativos para ajudar na sua prática diária de mindfulness. Faça do seu celular um verdadeiro instrumento para contribuir no seu desenvolvimento pessoal. Assim, você não encontrará desculpas para praticar.

Headspace

O aplicativo Headspace conta com exercícios para controle da ansiedade e estresse. O pacote básico gratuito ensina os fundamentos da atenção plena. Com apenas alguns minutos por dia, você treinará a sua mente através de meditações guiadas.

Baixe o Headspace na App Store

Baixe o Headspace na Google Play

Insight Timer

Com centenas de meditações guiadas em português, o Insight Timer explora temas como dificuldade para dormir, ter mais foco e concentração, liderança e melhores relacionamentos. Também é possível participar de grupos de discussão sobre mindfulness.

Baixe o Insight Timer na App Store

Baixe o Insight Timer na Google Play

Veja também:

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.