Networking: super dicas para aumentar sua rede de contatos


Elisângela Dias
Elisângela Dias
Gestora de Recursos Humanos

Você tem tido dificuldade em descobrir novas oportunidades de trabalho? Já enviou vários currículos sem obter resposta? Acha difícil que exista uma vaga adequada para o seu perfil? Se você respondeu sim para estas perguntas, pode estar precisando de Networking.

Networking é uma atitude de marketing pessoal através do cultivo da sua rede de contatos. Muitas vezes descuidamos desta prática tão importante para se manter atrativo para o mercado de trabalho. As desculpas podem ser muitas: falta de tempo, timidez ou por desvalorizar o potencial positivo desta prática para a carreira.Aqui estão algumas dicas para quem vai começar a prática:

1. Ponto de partida: sua agenda atual

O primeiro passo para iniciar a prática é realizar um levantamento de quem faz parte da sua atual rede de contatos. A maneira mais fácil de começar é com as pessoas mais próximas. Desde os membros da família (pais, irmãos, tios, primos), amigos mais chegados e pessoas conhecidas de diferentes contextos. Faça uma lista com os nomes das pessoas relevantes, assuma um compromisso com você mesmo e entre em contato com a pessoa.

2. Em algum lugar do passado

Reativar os seus contatos antigos também é um passo importante. Avalie quem já fez parte da sua rede, para isso analise aquela velha agenda de papel de anos atrás que está esquecida ou a agenda do seu celular. Há quanto tempo você não fala com aquele antigo colega de trabalho que foi trabalhar em outra cidade? Basta uma ligação para encurtar a distância e reativar o vínculo. Busque as redes sociais e procure por antigos colegas de trabalho, de faculdade e até dos tempos de escola.

3. Seja autêntico

Faça uma abordagem cordial, educada, com respeito, ética e com objetividade. É muito importante demonstrar interesse genuíno por saber mais sobre a pessoa: o que ela tem feito, trabalhos realizados, relacionamentos, viagens, etc. Marque encontros presenciais para rever os antigos contatos. Pode ser um almoço ou um café. Não tenha receio de dar o primeiro passo, lembre-se que nunca é tarde para retomar o vínculo.

4. Participe de eventos

Pratique Networking de forma intencional, participe de palestras, seminários, workshops, congressos, lançamentos de livros da sua área de atuação e leve com você cartões de visita atualizados. Aproveite a ocasião para encontrar interesses comuns, isso gera empatia. Vá preparado para trocar cartões de visita.

5. Mantenha o hábito

Compartilhe as suas necessidades, avise a rede que está em busca de um novo desafio profissional. Muitas oportunidades de trabalho e emprego poderão surgir a partir do contato com pessoas que o conheceram e trabalharam com você, elas poderão indicá-lo para novas oportunidades ou apresentá-lo para novos contatos.

Se você tem uma personalidade mais tímida, considere esta prática como um exercício para treinar e desenvolver maior confiança. Isto servirá como base para que você se sinta mais seguro durante as entrevistas de emprego.

Seja persistente e disciplinado. Tenha certeza de que a rede de contatos irá aumentar de acordo com o seu empenho e dedicação.

Veja também: Dicas de networking para pessoas tímidas

Elisângela Dias
Elisângela Dias
Graduada em Gestão de Recursos Humanos pela Universidade Estácio de Sá em 2004. Pós graduada em Gestão de Projetos pela Universidade Cândido Mendes em 2007.